Cirurgias Reconstrutivas em Implantodontia: Enxerto Ósseo Autógeno

Quando um indivíduo perde um ou mais dentes ocorrem mecanismos de reabsorção óssea, que levam às deficiências ou atresias maxilares, resultando nos defeitos em altura e/ou espessura óssea, na área onde ocorreu a perda dentária. Além de ocorrerem alterações ósseas, também ocorrem progressivamente alterações nos tecidos moles de suporte adjacentes.

Isso é ainda mais evidente nos pacientes desdentados totais, ou seja, aqueles pacientes que perderam todos os dentes, e que são fortes candidatos a utilizarem dentaduras convencionais, caso não sejam submetidos a cirurgias reconstrutivas prévias às instalações de implantes dentários. Estas alterações evidenciam alguns aspectos de envelhecimento precoce, como por exemplo: aplanamento do céu-da-boca, colapso do lábio, boca funda e alterações nas linhas de expressão facial.

Vários fatores, como: cárie dentária, patologias bucais, doença periodontal, tratamentos ortodônticos mal sucedidos, traumatismo dento-alveolar (pancadas ou acidentes), entre outros, podem levar à perda dentária, e, consequentemente, a uma perda óssea em maior ou menor grau.

O processo de reabsorção óssea nos maxilares é progressivo, irreversível, crônico e cumulativo, apresentando uma taxa de reabsorção média de 25% no primeiro ano pós-extração e 0,2 mm a cada ano subsequente.
Para a instalação de implantes dentários é necessário que o volume ósseo tenha no mínimo 1 mm a mais que o diâmetro escolhido do implante, e desta forma não seja necessário a reconstrução óssea.

Portanto, em quais situações é necessária a utilização de enxerto ósseo?
a) Quando a quantidade óssea residual é insuficiente para a instalação de implantes dentários;
b) Para otimizar o resultado estético final e
c) Para obter vantagens biomecânicas com o tratamento com implantes dentários.

Antes de se realizar qualquer planejamento no qual esteja envolvida uma cirurgia reconstrutiva, como a cirurgia de enxerto ósseo, o paciente deve ser submetido a uma criteriosa avaliação, envolvendo as seguintes etapas:
a) Avaliação médica geral
b) Avaliação clínica do dentista (extrabucal e intrabucal)
c) Avaliação por imagens (radiográfica e tomográfica)
d) Diagnóstico
e) Plano de tratamento interdisciplinar (com o auxílio de algumas áreas da odontologia, como a implantodontia, a prótese e a cirurgia, por exemplo).

Hoje, o profissional Implantodontista e o cirurgião bucomaxilofacial são habilitados a realizarem as cirurgias reconstrutivas de enxerto ósseo.
Quando o enxerto é removido do próprio paciente, ele é chamado de enxerto autógeno. As áreas doadoras (de dentro da boca) principais para a remoção de um bloco de osso autógeno são: o ramo ascendente da mandíbula (região posterior ao último dente na mandíbula), o túber da maxila (região posterior ao último dente na maxila) e a sínfise mentoniana (região do queixo). Existem outras áreas de fora da boca que também podem servir como áreas doadoras de osso, quais sejam: a calota do crânio (osso da cabeça), a crista do osso ilíaco (osso da bacia) e a tíbia (osso da perna), porém são áreas utilizadas quando se requer uma grande quantidade de osso, além da presença de profissionais médicos, em ambiente hospitalar, para realizarem a cirurgia, a anestesia e o preparo do paciente.

O enxerto autógeno, apesar de necessitar de cirurgia da área doadora, é o tipo de enxerto que é recomendado sempre que possível, devido às suas propriedades vantajosas sobre os outros tipos de enxerto, como por exemplo, a osteogênese (possui células viáveis e capazes de induzir a neoformação óssea).

Dr. Daniel Cunha Coutinho
Especialista em Implantodontia, FOP-UNICAMP.
Fonte: Reconstruções em Implantodontia – Protocolos clínicos para o Sucesso e Previsibilidade, Renato Mazzoneto.

Marque uma Consulta

168 thoughts on “Cirurgias Reconstrutivas em Implantodontia: Enxerto Ósseo Autógeno”

  1. Pretendo fazer um implante na parte superior da boca, fiz tomografia computadorizada cone beam e foi constatado que eu so tenho 1mm de osso. Ja fui em 1 especialista que disse que faria, mas no dia da cirurgia não realizou o procedimento porque disse que 1mm de osso é bem pouco para alimentar o novo osso que colocaria ali atraves do enxerto osseo e o organismo iria absorver logo
    o osso e não seria suficiente para colocar o implante. Já fui em outro que disse que dava pra fazer porque o 1mm de osso tem vascularização para alimentar o novo osso. Gostaria de obter uma resposta mais precisa. Estou num dilema danado. Quem for Implantologista por favor me ajude.

    1. Olá Sra. Inamiris, a Tomografia Cone Beam (Feixe Cônico) é um dos exames radiológicos mais precisos, hoje em dia, para a avaliação da disponibilidade óssea prévia à cirurgia de instalação de Implantes Dentários. O enxerto ósseo autógeno, aquele no qual removemos osso do próprio paciente, é um procedimento indicado quando temos pouca espessura óssea disponível na região maxilar onde houve a(s) perda(s) dentária(s). Após a cirurgia de enxerto ósseo ocorre o fenômeno da remodelação óssea no leito receptor, onde acontece a reabsorção e neoformação de osso no mesmo lugar do enxerto em bloco. Essa remodelação realmente depende da espessura da área que vai receber, já que quanto maior o volume, maior a vascularização. E, se há uma boa vascularização, há uma boa neoformação óssea. Porém, cada caso deve ser avaliado individualmente, já que não se pode dar um prognóstico geral para todas as situações. Basedo nisso, sugiro que a Sra. agende uma avaliação e traga todos os exames, para assim podermos traçar o plano de tratamento mais adequado para o seu caso.

      Dr. Daniel C. Coutinho
      Implantodontista

  2. perdi os meus dentes inferiores muioto cedo tinha uns 15 anos hoje tenho 41 conseguir faser 2 implantes e segundo o que mem passam tenhoo que faser um exerto osseo ai tenho medo o meu sonho e nao usa mais protesse mesmo sendo over.

    1. Olá Sra. Joelma,

      A Perda de todos os dentes inferiores, tão cedo, pode vir acompanhada de uma reabsorção óssea extensa. Porém, geralmente, na mandíbula, principalmente na região anterior, não se faz necessário realizar cirurgia de enxerto ósseo autógeno ou de qualquer outra espécie, dado que sua anatomia geralmente permite a instalação de implantes longos. Apesar dessas informações, sempre é aconselhável a consulta odontológica com o implantodontista, de porte de todos os exames radiográficos já realizados, já que cada caso deve ser avaliado individualmente. Aguardamos o seu contato.

      Dr. Daniel C. Coutinho
      Twitter: DanCCoutinho

      1. 09/09/2012 quais os cuidados vc teve no seu pos operatorio,qual tipo de osso vc implanto? vou fazer esta cirurgia o que me aconselha ,estou c/ medo. amélia

        1. Prezada Amélia. As informações que passou para nós podem corresponder a diversos tipos de cirurgia. Gostaria de, se possível, ter mais informações sobre qual tipo de cirurgia vai realizar. Em geral um pós-operatório exige cuidados especiais, dependendo da complexidade de sua cirurgia. Algumas demandam um tempo maior de recuperação e repouso. Outras são mais simples, permitindo um retorno mais rápido às atividades normais.
          Aguardamos outras informações.
          Esperamos ter ajudado a esclarecer suas dúvidas.
          Att, Dr. Alberto Gurgel

      2. gostaria muito de saber quanto custa para fazer enxerto pois ja fui a dentista no apcd e ela disse que eu preciso fazer como que funciona? obrigada

    1. Olá Sra. Gilmara,

      O Pós-operatório de Enxerto Ósseo, normalmente, não vem acompanhado de sintomatologia dolorosa, principalmente após 3 meses. Ele pode vir acompanhado de inchaço, leves hematomas na primeira semana e o controle da dor é realizado por medicamentos (analgésicos e antiinflamatórios). Deve-se saber qual foi a região doadora de osso e como está a situação da região receptora, através de controles clínicos e radiográficos. Será que vc não está com algum prótese machucando e encostando bem em cima da região que operou? Em caso afirmativo, esta situação pode ter causado uma infecção local acompanhada de dor. De qualquer forma, seria ideal agendar um consulta para avaliarmos melhor.

      Dr. Daniel C. Coutinho
      Twitter: DanCCoutinho

  3. Tenho problema de periodontite desde pequena quando descobri essa doença já havia muita perda ossea. Quando completei 14 anos meus dois dentes da frente foram extraidos e passei a usar uma protese removivel mas só descobri a periodontite anos depois. Procurei uma especialista e quando a doença já estava controlada perguntei se poderia usar aparelho para corrigir os dentes que estavam tortos. Ela não viu problema algum. Usei aparelho até onde a dentista achou conveniente devido a periodontite. Quando terminei procurei um implantodontista que ao analisar a minha condição ossea disse que não dava para implantar porque não tinha osso suficiente e me indicou o enxerto osseo. Foi o que fiz retirando osso do meu queixo para o implante dos dois dentes da frente. Tudo foi perfeito, a cirurgia durou o tempo necessário, tive uma recuperação ótima, só senti dor depois das primeiras três horas de cirurgia mas em pouco tempo passou e nada mais. Quando se passou seis meses fiz uma radiografia e o osso enxertado continuava lá, mas quando o implantologista foi colocar os pinos, no meio da cirurgia ele alegou que o enxerto não deu certo e fechou o corte. Me falou que não poderia implantar os dentes, fiquei arrasada, na hora eu não sabia o que fazer e ele alegou que formou-se tecido mole entre os dois blocos de osso que cobre a area enxertada ou sei lá o que, eu estava atordoada e não deu pra entender direito. Estou tão confusa, me responda não há mais solução para mim? Não quero desitir de implantar, mas também não quero outro enxerto como me proporam. Será que ainda posso aproveitar esse enxerto e realizar o implante mesmo assim? Quais as implicações se for adiante? O doutor me falou que só não finalizou o procedimento porque daqui um ano eu teria problemas, mas não disse qual era. Hoje já se passou nove meses do enxerto já retirei os pontos do corte para colocação dos pinos, que não aconteceu, mas ainda estou com uma protese removivel provisoria com arame. Preciso de uma solução porque não quero mais protese remvivel. Me dê uma orientação por favor!

  4. Ola! Dr. Gilmara…estava com um dente com reabsorção interna, ele tava fraturado no meio, e fui em varios Dentistas e consegui fazer um canal mais não obtive sucesso, tive que tentar um implante, fiz um exame chamado tomografia computadorizada, e o Drº disse que eu tinha osso suficiente para um implante, e quando ele tirou a raiz do dente me deu a pior noticia que não tenho osso, e tenho que fazer um inxerto pequeno mais tem que fazer,fiquei assustada e estou em duvida, isso pode realmente acontecer Dra..? por favor vc pode tirar essa dúvida…? fiz a cirurgia no dia 16/03 só deu para colocar um mais o principal que era o da frente não deu…(eram 2 mais so um que tava com reabsorção) gostaria muito de saber se o implante osseo garante que vai dar certo ou não..me responda por favor!

    1. Na verdade todo dente trincado ou fraturado apresenta um grau de re absorção então sempre é bom esclarecer o paciente sobre a possibilidade de ter de fazer o enxerto ósseo pra não ter uma surpresa desagradável. Quanto ao enxerto ósseo se bem realizado a possibilidade de êxito e altíssima sendo um procedimento rotineiro e adequado para todas as situações que necessitem de osso para implante.
      Att,
      Dr. Alexandre Dias

  5. Dr Alexandre, muito agradecida pela resposta, fiquei mais tranquila mas quero te fazer uma outra pergunta: Quanto aproximadamente irei gastar numa cirurgia desse tipo pois acho que o valor dito pelo meu dentista está um pouco alto e então resolvi pesquizar, veja bem é só um dente o de numero 22. se puder me ajudar com essa informação agradeço desde já.

  6. Ola Dr. Alexandre/ Daniel

    Gostaria de saber o que ocorre após a cirurgia de enxerto osséo? Muito inchaço, dores? estou preocupada com isso e com medo de ocorrer algum problema sério.

    Muito obrigada e no aguardo.

    1. Sra. Gabriela

      O Pos operatório varia muito de paciente para paciente, mas na maioria das vezes utilizando-se de técnicas cirúrgicas e medicações específicas consegue-se resultados mais confortáveis.

      Att,
      Alexandre dias

  7. Boa tarde,
    perdi meu dente permanente com 6 anos e o meso foi reemplantado na epóca depois de 10 anos começou a dar infiltração e inflamação no local, onde extrai o dente e coloquei um implante, onde este depois de 1 ano começou a inflamar, bacterias que tinham se infiltrado em uma fissura do metal do implante, retirei o implante e ja estava com uma grande perda ossea, sei que preciso mas estou sem coragem de realizar o enxerto, medo da recuperação e da cirurgia, essas cirurgias de tira e coloca me traumatizou. Corro o risco dos dentes do lado por causa do osso?

    1. Olá Érica,
      Se eu entendi a pergunta, você perdeu um implante e houve uma perda óssea da área, necessitando de enxerto ósseo. A seguir, pergunta-se da possibilidade de comprometer os dentes vizinhos em virtude deste problema. Na verdade é necessário uma avaliação clinica para entender o que esta acontecendo, caso exista uma infecção poderá haver um comprometimento, caso contrário não vejo esta possibilidade em relação ao dente vizinho, no entanto a área reabsorvida pela falta de dente ou implante naturalmente haverá reabsorção óssea decorrente da falta de estimulo ósseo.
      Att,
      Alexandre Dias

  8. preciso de orientacao de quem fez enxerto osseo dentario eu fui em um excelente pofissional ele me passou o orcamento na primeira etapa 27.000.00.vinte e sete mil reais so para fazer o enxerto osseo .na segunda etapa que seria o implantes 28.000.00.vinte e oito mil rais isso para fazer seis implantes.fiz os exames a minha saude esta boa sera que este preco e abusivel quem fez me ajude por favor .

    1. Neste caso específico, somente por meio de uma avaliação clinica detalhada é possível um diagnostico e em um plano de tratamento, é muito complexo fazer um julgamento dos honorários cobrado pelo colega, sem nenhuma informação sobre o caso e o que seria realizado. No entanto me coloco a sua disposição para uma avaliação sem compromisso.
      Att,
      Alexandre Dias

    2. BOM DIA! ESTOU DESDE ABRIL DE 2011 FAZENDO TODO O PROCEDIMENTO PRA IMPLANTE. FIZ O ENXERTO OSSEO EM 07/2011. APÓS 6 MESES JA COLOQUEI OS PINOS, E AGORA VOU COLOCAR O CICATRIZADOR. TUDO TRANQUILO E SEM COMPLICAÇÕES, ESTOU FAZENDO AQUI EM BRAGANÇA PAULISTA NA APCD, AONDE SÓ PAGAMOS O MATERIAL. PROTOCOLO COM 8 PINOS E ENXERTO COM 2 BLOCOS. FICOU MUITO BARATO. PERTO DO QUE PEDEM POR AI. FACILITADO E O DR. QUE EU PEGUEI É PERFEITO. SE BEM QUE DA TURMA TODA, TODOS SÃO COMPETENTES E RESPONSÁVEIS..
      ESPERO TER AJUDADO.

      1. gostaria de saber quanto custa mais ou menos para fazer um enxerto osseo compara protese fixa e se eu tiver pouco osso posso optar por somente dois pinos muito obrigada

        1. Em relação ao tratamento completo, enxerto + implantes + próteses, a fixa sai mais barato, porém para a fixa existe a necessidade de desgastar mais dois elementos que podem ser comprometidos ao longo do prazo. Como costumo dizer, cada caso é um caso. Seriam necessários exames clínicos e de imagens para avaliar a possibilidade e quantidade necessária de implantes para a senhora.

          Att, Dr. Gabriela De Grande.

  9. Fiz enxerto na arcada superior com osso iliaco e a gengiva não fecha …já foi costurada cinco vezes e o dentista abriu e tentou remover o osso mais como já faz 28 dias a parte de cima está grudada e ele tentou arrancar e não conseguiu…ele desgastou a parte que estava em decomposição limpou tudo e costurou de novo , estou aguardando para ver se Deus me abençoa que agora fecha , ele nunca teve nenhum caso igual o meu.
    Por favor me responda se no seu tempo de experiencia já aconteceu isso com algum paciente?
    Meu dentista tem 20 anos de profissao e tem feito de tudo para resolver minha situação que está desgastante…tenho medo de perder minha vida por causa desse enxerto pois tenho que tomar antibiotico e sei que vai causar outros tipos de problema…sem contar que estou fraca por não consegui comer normal somente batida no liquidificador.
    Aguardo uma resposta.

    1. A exposição óssea ocorre por alguns motivos, entre eles destaca-se a infecção e a falta de tecido suficiente para recobrir o osso. Quando isto ocorre, o procedimento deve ser o desgaste da superfície do osso exposto, irrigação e cooptação dos tecidos ou em alguns pode deixar ocorrer o fechamento por segunda intenção que leva um maior tempo, por isso o mais importante é a confiança no profissional que vc escolheu e um pouco de paciência. Quanto se já tivemos algum caso, sim mas graças a DEUS todos ocorreram o fechamento,

      Att,
      Dr. Alexandre Dias

  10. fiz a cirurgia enxerto autógeno,há 15 dias ainda estou no processo de recuperação, a boca está tranquila vou tirar os pontos essa semana, mas a perna aina dói mto ficando difícil i acesso de locomoção, queria saber se é normal e até quanto tempo volto a andar normal sem mancar. se a reconstituição na perna acontece normal..
    agradeço sua atenção.
    Nêider

    1. Prezada Neider, pelo que está relatando, imagino que tenha sido submetido a um enxerto autógeno de crista ilíaca (quadril) ou tíbia (perna). Se for este o caso, a recuperação da área doadora (onde foi retirado o enxerto) costuma demorar mais a recuperar do que a área que recebeu o enxerto. Esse inclusive é um dos motivos de utilizarmos esses enxertos citados, apenas em casos mais avançados onde não haja outras alternativas.

      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida.

      Att, Dr.Alberto Gurgel.

  11. Boa tarde !! preciso fazer um implante so que o Dr, . me passou que antes preciso fazer enxerto osseo pois nao tenho osso suficiente, gostaria de saber o seguinte :

    Quanto tempo posso implantar o pino e a protese apos o enxerto ?

    Att
    Patricia

  12. morro em sao paulo gostaria de saber a opiniao de vcs pois eu achei um absurdo a diferenca de preco entre um profissional e outro fui em um odonto especialista em implantes em enxerto osseo ele me combrou 64.000.00 sessenta e quatro mil reais para fazer enxerto osseo e por seis implante na parte superior eu fiz todos os exames os resultado foram otimo minha saude esta perfeita graca a deus … o mais engracado fui em outro profissional tambem conhecido pela revista plastica e beleza e ele me cobrou o mesmo servico por 35.000.00 trinta e cinco mil reais agora estou com muita duvida sera que o material do mais barato e muito inferior que a diferanca e o dobro ou sera que o odonto que me cobrou 64.000.00 em explorador me ajuda por favor gostaria de saber a opiniao de voces sobre este preco por que a diferanca e muito grande e primeira fez que stou fazendo este comentario porque pode ser enviado

    1. É difícil falar de honorários ou estabelecer um critério, até porque vários fatores podem está envolvido o nome do profissional, sua estrutura, os implantes utilizados e os materiais envolvidos na cirurgia. Por isso fica difícil lhe afirmar algo, pq dependendo do material pode existir um disparate de honorários, dentro do que se utiliza comumente com relativo sucesso a opção 2 (35.000,00) tb é uma realidade , caso vc tenha confiança na equipe e recomendação de outros pacientes vc ficaria mais tranquila para decidir.

      Att,
      Dr. Alexandre Dias

  13. Dr. Alexandre muito obrigado pela atenção, agora estou mais tranquila depois da sua explicação, achei que fosse a única a ter suturar mais de uma vez. Quero te fazer duas perguntas:
    Qual o máximo de vezes que vc teve que suturar o mesmo paciente?
    É possivel haver uma infecçaõ e perder os dentes vizinhos a esse enxerto?

    1. Kayane, vendo seu desespero, lembrei de mim há mais ou menos 8 meses atrás. Fiz enxerto com o ósso do meu queixo na parte inferior, quando o osso começou a se adaptar, ele cresceu e eu não tinha tecido para cobri-lo. Foram 3 vezes as tentativas para fechá-lo, na quarta vez, o meu dentista teve que serrar o osso para poder conseguir fechar. E cuide da alimentação, ela é muito importante, quando ainda está com os pontos. Espero ter ajudado.

  14. ola gostaria de saber o seguinte,eu fiz um enxerto osseo na boca ,á patita e gen ox ,bovino ja faz 1 ano,e parei o tratamento,ja estou com protese provisória,mas só que continua se regenerando ,esta quase saindo para fora da gengiva o osso regenerando , o que devo fazer ,se eu para ,essse tratamento ,O que pode acontecer comigo amanha?

    1. Caro Emanuel
      O que pode acontecer e deve esta acontecendo é não formar osso na região e deve ter exposto a área do enxerto, ocorrendo a eliminação dos fragmentos, mas só avaliando clinicamente e radiograficamente poderíamos emitir um diagnóstico preciso.
      Att,
      Dr. Alexandre Dias

  15. doutor fiz enxerto osseo e como teve que desgatar o osso e suturar 04 vezes e nessa ultima vez inflamou muito a gengiva que ao lavar doi muito, como parei de usar o periogard pois já estava usando por 30 dias seguidos a colgate indicou plax sem alcool e meu dentista receitou meloxicam 15 mg. Tem umas bolinhas amareladas nos pontos mas não é aquela secreçao que escorre é somente bolinhas pode ser pus ou e um processo inflamatorio da gengiva?
    Estou tomando azitromicina por 05 dias amanha termina .
    Tenho certeza que na sua experiencia já teve ter tido pacientes com essas queixas.

    Aguardo retorno urgente

    1. Prezada Laiza, os procedimentos cirúrgicos para enxerto envolvem uma série de preocupações. Uma delas é com relação às exposições deste enxerto. Estas exposições do enxerto com certeza são um dos maiores incômodos, quando acontecem. Aconselho que caso não evolua bem, solicite novas avaliações ao seu dentista.
      As bolinhas as quais você se refere podem ser de exudato (pus), ou partículas do enxerto que algumas vezes são expelidas.
      O processo inflamatório pela manipulação repetida, com certeza é prejudicado. Mas muitas vezes não há outra alternativa, a não ser fazer repetidas tentativas de fechamento.
      Procuramos minimizar este tipo de problema através de uma avaliação minuciosa e um trabalho integrando diversas especialidades.
      Espero que consiga minimizar sua sintomatologia.

      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida. Encontramo-nos prontos caso deseje avaliar seu caso com nossa equipe.

      Att, Dr. Alberto Gurgel.

  16. Ha 8 anos atrás fiz um exerto osseo autógeno na maxila com a colocação de 6 implantes que deveriam suportar um protese com dentes montados em porcelana. Alguns meses após operatório houve uma grande absorvação do enxerto e tendo ocorrido uma necrose , culminando numa fina camada osseo em que fmesmo assim foi fixado os implantes. Agora um dos implantes foi desintegrado e retirado e fui informado por outro profisional que não tem como reimplantá-lo devido a ausência de uma estrutura osseo e que os dentes da protese não são de porcelana , mas de resina. Gostria de saber se tenho ou posso fazer um novo enxerto para ter reinplantado o implante e se isso pode compromenter o novo trabalho de uma protese com dentes de porcelana?

    Desde já agadeço a atenção.

    1. É perfeitamente possível refazer um enxerto ósseo e nova colocação de implantes, no entanto é necessário avaliação criteriosa do seu caso clinico para saber os motivos que possivelmente levaram ao insucesso, tais como qualidade óssea, saúde geral ou outro aspecto a ser analisado.
      Att,
      Dr Alexandre dias

  17. preciso de enxertia ossea mandibular mas não tenho condições de fazer os implantes no momento, posso colocar prótese total sob enxertia?

    1. É interessante que vc tenha em mente que o enxerto necessita após 7 meses colocar os implantes, caso não seja colocado há um risco da área enxertada ser reabsorvida pela falta de estímulo ósseo ao longo do tempo.
      Att,
      Dr Alexandre dias

  18. Bom dia.

    Minha mãe perdeu todos os dentes a cerca de 50 anos, a exceção dos seis inferiores centrais. Hoje, ela tem 63. Quando foi ao dentista, este disse que ela já não tinha massa óssea acima do nervo alveolar, isto é, esta massa era inferior a 1mm o que inviabilizaria um enxerto ósseo. A única opção seria arrancar os seis centrais e usar o osso ali para a fixação dos implantes. O que ela não quer.

    Haveria alguma opção para esta situação?

    1. Caro Clayton.
      Há uma outra opção através da técnica de lateralização do nervo alveolar inferior, no entanto necessita avaliação clinica e radiografica para emitir um planejamento adequado. Desde já me coloco a disposição.
      Att,
      Dr. Alexandre Dias

  19. Olá. Tenho uma grande perda óssea na parte superior, tanto do lado esquerdo como o direito, com mobilidade acentuada nos dentes envolvidos nos locais.O dentista que procurei alega que não se pode fazer o enxerto ósseo, porque a profundidade deles seria de mais de 10 mm, o que certamente apresentaria rejeição, não me dando outra alternativa.Procurando na internet encontrei três métodos inovadores de recuperação do tecido ósseo (o primeiro com proteínas em Curitiba PR, o segundo com células tronco em Moema SP, e, o terceiro com um gel injetável em pesquisa na Unicamp SP). Gostaria, se possível fosse, de obter alguma referência para o meu caso, seja pelo enxerto convencional, seja por informação sobre uma das alternativas inovadoras.

    1. Caro Eduardo

      Na verdade nós temos várias alternativas de reconstrução e dependendo da análise do seu caso podemos esclarecer melhor a sua duvida, o que posso te falar é que se você tem um bom estado geral e não tendo contra indicação é possível realizar o enxerto necessitamos de exames complementares para esta aviação, caso necessite marcar uma consulta segue o tel. 84-3606-3000
      Att,
      Dr. Alexandre Dias

  20. Ola boa tarde!
    Estou com uma dúvida cruel , fiz um enxerto ósseo no DIA 16 DE MAIO, mas antes disso usava aparelho ortodôntico por causa de uma disfunção de ATM, e quando estava perto de terminar o tratamento de 1 ano e meio com aparelho perguntei a minha Dra se podia fazer os implantes dos dentes ausentes, ela disse que sim, são dois na parte superior UM IMPLANTE EU JÁ FIZ , O DENTE 22 tava com uma reabsorção INTERNA e tive perda óssea onde foi feito enxerto ta só com 21 dias hoje, agora percebi que meus dentes estão festando e depois que descobri que era pra eu estar usando o aparelho de contenção mas não fui i informada sobre isso … Estou assustada e decepcionada com os dentistas daqui de FORTALEZA que não dão os procedimentos corretos, e com medo de perder tudo que já foi feito um implante é um enxerto, agora o que posso fazer corro o risco de perder o enxerto? a espessura do dente 22 ta muito larga,gostaria de saber se tem solução para meu problema,como devo proceder, para ter meu sorriso perfeito novamente …Por favor me ajudem…Estou sofrendo muito com tudo isso…agradeço pela oportunidade.

  21. Olá, por favor se puder me ajude. Fiz 3 implantes dentários, onde em um deles este na parte superior teve que fazer levantamento de seio com enxerto ósseo, eis que este nã entendo infeccionou me deixando muito preocupada pois ficou com secreção e mau cheiro estou tomando antibiótico a vários dias fazendo uma assepcia adequada segundo indicada pela clínica de implantes onde estou fazendo o procedimento eis que hoje senti alguma coisa saindo e era um parafuso que acabou caindo, bem vou amanhã ate a clinica mas apesar de pedir explicações eu os acho muito vagos em suas respostas. Agradeço antecipadamente sua orientação.

    1. Olá Elizete
      O que deve ter ocorrido foi a falta de integração do implante põe algum motivo, a infecção provavelmente, porém a causa deve ser avaliada. Qto. a esta situação ocorrer é pequena mas pode existir e pode o profissional repetir e ter êxito.
      Att,
      Dr. Alexandre Dias

  22. Olá doutor, eu tenho 23 anos e não tenho 3 dos meus dentes naturais, pois estes nasceram 2 no céu da boca e 1 quase debaixo da língua. Minha mãe, na época, não tinha como pagar um aparelho, então mandou que esses três dentes fossem retirados. Mais tarde, coloquei aparelho, para ver se a aparência estética melhorava. Tirei o aparelho semana passada e não me conformo com o resultado. Ficou bom, mas eu não me conformo de não ter os dentes que eu tinha, e que minha mãe mandou retirar.
    Enfim, andei pesquisando sobre implantes e percebi que há uma grande porcentagem, de pacientes que não estão satisfeitos com os resultados dos implantes, pois os dentes podem ficar escuros, e a gengiva também.
    Gostaria de saber se, no meu caso, que os dentes já foram tirados a há tanto tempo, se ainda há a possibilidade de fazer os implantes destes dentes que faltam. Eu não tenho o espaço para implantá-los, gostaria de saber se há a possibilidade de abrir espaço com um aparelho e depois fazer os implantes. será possível isto?
    Os dentes que faltam são: 1 presa de um lado da parte superior; do outro lado, parte superior, um dente que vem antes da presa, entre os dois da frente e a presa; um dente da parte inferior, da frente, entre as duas presas de baixo.
    Não há espaço para eles. É possível abrir o espaço e implantá-los? Por fazer tanto tempo que os retirei, terei que fazer enxerto? O resultado estético pode melhorar? Os dentes implantados ficam com uma aparência natural? Ou percebe-se uma diferença na cor do dente implantado e dos naturais? Entre o dente implantado e a gengiva, fica uma aparência natural? Os dentes implantados são feitos com um formato parecido e compatível com os dentes que o paciente já tem? É possível fazer uma simulação de como ficaria o novo sorriso com os dentes implantados? Um tratamento deste tipo ficaria mais de 20.000 reais?

    1. Olá Alessandra,
      Na verdade fica difícil te responder tantas perguntas de uma vez, sem a real visualização do caso clinico e suas implicações. Mas vou tentar responder algumas, com relação a estética dos implantes é possível ser tão natural qto os dentes naturais depende de osso, qualidade de tecido e gengival e dentes totalceramicos possibilita um excelente resultado, onde teria um prazer de te mostrar vários casos. Outro fato este me preocupa mais refere-se a sua movimentação ortodontica, se ocorreu reabsorção óssea e se permite uma nova movimentação, somente avaliando clinicamente e radiograficamente.
      Att,
      Dr ALexandre Dias

  23. Olá!

    Fiz os exames hoje para iniciar o processo de implantes dentários (são muitos). O responsável não recomendou o implante dos quatro incisivos pois eu “perdi” muito osso. Gostaria de saber se existe algum caso em que o enxerto ósseo não é recomendado. Estou desesperado, não suporto mais viver usando próteses.

    1. Olá Vagner
      Sua pergunta é relativa, mas se eu entendi pode ocorre em algumas áreas com limitações anatômicas, exemplo região anterior superior devido a proximidade com o assoalho nasal. Pará tal necessitaria avaliar sua documentação para te dizer com mais segurança.
      Att
      Dr alexandre dias

  24. olá doutor,boa noite! tenho 45 anos e uso dentadura total superior há 30 anos e na parte inferior tenho apenas 9 dentes na frente que cuido como si fosse meu maior tesouro.uns 3 anos atras visitei algumas clinicas de implantes na esperança de ter meu sorriso de volta,
    devo dizer que foi frustrante,algumas disseram que a quantidade de osso era tao pequena que tornava os implantes impossível,ja outras cogitaram a possibilidadae de 4 implantes superior e a colocaçao de uma protese sobre implantes com pinos preso ao osso zigomatico( procedimento muito arriscado pra continuar usando dentadura eu acho) me disseran tambem que na mandíbula nao da pra fazer enxerto ósseo devido a um nervo alveolar .fiquei triste pois pra si ter uma ideia nao consigo usar aquele roath por motivo simples não prende. devido a grande perda ossea a gengiva esta funda.doutor estive revirando os sites de implantes e vi qui tem novidades na area de enxerto osseo ai gostaria qui me ajudasse si possivel.eu gostaria de saber si alguem ja implantou osso em grande quantidade? e na mandibula da pra enxertar osso
    sem perder a sensibilidade? tenho esperança de voltar a sorrir entao si puder me ajude.
    abraços e obrigada
    léia

    1. Prezada Léia, a informação que você buscou na internet é realmente verdade. Há nos dias de hoje diversas opções de reconstrução (enxertos) do osso superior (maxila) e do inferior (mandíbula). Em nossa clínica possuímos diversos pacientes já tratados com procedimentos avançados, no intuito de recuperar as funções relacionadas aos dentes.
      Acredito que a senhora possui um dos principais itens necessários aos tratamentos com enxerto e implantes. Esse item é a positividade e vontade de achar um tratamento. Além do que a sua idade permite, na maioria dos casos, que tenhamos muitas opções de tratamento.
      Resposta:
      Prezado(a),
      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida. Encontramo-nos prontos caso deseje avaliar seu caso com nossa equipe.

      Att, Dr. Alberto Gurgel.

  25. Dr. Alexandre fiz uma cirurgia para suspensão de seio de face, onde foi retirado o osso da mandíbula, fazem 45 dias hj. porem o ,local que foi retirado o ssso ainda doi e está incahdo, voltei ao dentista ele o examinou clinicamente não encontrou nada, solicitou uma panoramica fiz está tudo bem. Então ele me pediu para eu dar um tempo de mais 15 dias, colocar compressas quente e tomar tylenol para melhorar a dor. e me disse que eu iria ficar bem é porque osso demora a recuperação. Por favor me de uma orientação, procede essa informação do meu dentista?O local que foi feito o enxerto está ótimo nada sinto graças a Deus.
    Obrigada
    Aguardo
    Resposta

    1. Prezada Maria Elisabeth, o processo de reparo para elevação do seio maxilar é bastante delicado. Depende muito do material utilizado, técnica de cirurgia e recuperação de cada paciente. Com certeza é uma das cirurgias mais delicadas que realizamos para a instalação futura de implantes dentários.
      Há algumas sinais e sintomas que podem indicar problemas na cirurgia, quando prolongados por tempo demasiado. São eles: dor, edema (inchaço), secreção purulenta, mau cheiro, mau gosto na boca, FEBRE, perda de material pela boca ou pelo nariz, entre outros menos importantes. Caso esteja ainda com algum desses sinais e sintomas descritos é interessante reavaliar clínica e radiograficamente o seu caso.

      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida em tempo.

      Att, Dr. Alberto Gurgel.

  26. Boa noite Dr. Gostaria de uma opinião e um esclarecimento, vou tentar explicar o meu caso, fiz levanto seio maxilar com enxerto osseo do lado direto ( dente 15) a primeira vez fiz enxerto com a colocação do pino, passado 7 meses falhou os implantes e o enxerto, fiz curetagem e limpeza e aguardei alguns meses, a segunda vez fiz o enxerto e aguardei 7 meses, depois fiz o implante falhou outra vez, meu implantodontista me disse que não adianta tentar mais pois meu osso é muito mole, não segura o pino, a consultei até professores em implantodontia cada um diz uma coisa, uns dizem que devo tentar ou que não, estou na dúvida, fiz panoramica e tomografia, tenho espessura e altura, as paredes estão conversadas, gostaria de uma opinião do dr. grato.

    1. Prezado Antônio a cirurgia para levantamento de seio maxilar pode ser realizada com diversos materiais de enxerto. Precisamos saber quais materiais foram utilizados, e qual técnica foi realizada. Seria interessante a avaliação dos exames de imagem que foram realizados durante seu tratamento. Se o colega dentista contribuir com o histórico de materiais utilizados, ajudaria bastante.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida.

      Att, Dr. Alberto Gurgel.

  27. Na verdade eu gostaria de saber se e possivel fazer uma operaçâo em dentes tipo o do Ronaldinho Gaucho,onde o dente e muito a frente e torto o meu nâo chega a tanto mais e muito separado ,obrigado a todos

    1. Prezado, vamos por partes. Nos dias atuais, dificilmente temos casos onde não conseguimos uma resolução satisfatória. Em alguns casos é necessário associar ao tratamento, diferentes técnicas cirúrgicas, ortodônticas (aparelho) e estéticas.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida.

      Att, Dr. Alberto Gurgel.

  28. fiz orcamento com especialista em implantes ele afirmou que ia por o melhor imlantes como eu fico sabendo que eles pos melhor porque na verdade os implantes fica no osso

    1. Prezado Paulo, em nossa opinião não há um implante que seja “o melhor implante”. O que existe é que há hoje no mercado dezenas, talvez centenas, de industrias que produzem implantes. Dentre essas, com certeza há empresas muito sérias e outras nem tão sérias. Temos exemplos de empresas nacionais e estrangeiras que possuem tais características, boas e ruins. Um dos fatores que mais importam são as características de manipulação e controle de qualidade dos materiais. Outra coisa a considerar é a adaptação do profissional ao material. Por exemplo, o “melhor implante” para o profissional que você consultou talvez não seja o melhor para nós. A recíproca também é verdadeira.
      Para lhe deixar seguro, nos dias de hoje, a matéria prima (titânio) é de boa qualidade na maioria dos implantes, mas insisto, o segredo está em conhecer a credibilidade de cada empresa.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida.

      Att, Dr. Alberto Gurgel.

  29. Perdi meu dente faz uma semana, quebrou, o dentista colocou um provisorio ainda tenho a raiz do dente que fiz canal a muitos anos, mas ele fala que o proximo procedimento e colocar um aparelho orto para puxar a raiz do dente e a gengiva porque e bem na frente na parte superior e depois fazer implante mas estou em duvida porque fui em outro e ele me falou que nao precisa colocar aparelho somente colocar uma protese e a coroa, entao oque devo fazer nesse caso, ficou perfeito o provisorio sem nenhum desconforto e minha gengiva esta normal, tem perigo de retrair?

    1. Prezada Lucineia, veja bem. Tudo dependerá da avaliação clínica e radiográfica do seu caso. Em princípio, devemos respeitar a biologia dos tecidos ao redor do dente. Isso implica em reabilitar seu dente com as devidas proporções entre coroa e raiz, além de não colocar o provisório ou definitivo muito abaixo da gengiva. O fato do provisório ficar perfeito, “visualmente”, nem sempre implica em manter-se perfeito. Tudo dependerá do respeito à biologia. As duas opções que foram dadas são bem distintas, são caminhos bem diferentes. Sugiro que se estiver inseguro(a) com as opiniões já fornecidas, sinta-se a vontade em buscar mais opiniões. Encontramo-nos à disposição para outras informações ou avaliações.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida.

      Att, Dr. Alberto Gurgel.

  30. Após um acidente eu perdi o incisivo central superior e o incisivo lateral superior,além de massa óssea.Recentemente (12/05/12) fiz a cirurgia de enxerto.Os médicos me disseram que eu teria que voltar 6 meses depois,porem eu gostaria de saber se eu posso fazer o implante com menos tempo possível.

    1. Prezado Leonardo, de acordo com o exposto, suponho que tenha sido submetido(a) a um enxerto autógeno ou de “banco de osso”. Nesses casos, é prudente aguardarmos o tempo de osseointegração, ou seja, de aceitação e adaptação do enxerto ao organismo. De acordo com avaliação, em alguns casos, conseguimos antecipar um pouco a instalação do implante, mas tal conduta depende da solicitação de alguns exames, além da avaliação clínica.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida.

      Att, Dr. Alberto Gurgel.

  31. Olá Dr.
    Tenho 68 anos,boa saude,etc. a um ano perdi os implantes total da maxila,hoje uso uma protese…Porem fiz uma tomografia na fac. de ondontologia da USP, e fui imformado da falta boa espessura de osso, e que tenho uma falha ossea na frente da maxila de 10mm, lhe pergunto: encontrei um prof. em sta. catarina que pode fazer o enxerto osseo no meu maxilar, com hidroxiapatita,pois nao quero o autógeno, fiquei entusiasmado, me ajude, com suas sugestões…
    mt. grato

    1. Prezado, obrigado por confiar em nossa equipe para ajudar-lo no esclarecimento das dúvidas.
      Os enxertos de um modo geral podem ser de diversas origens. Pode ser do nosso corpo, de cadáveres(bancos de osso), de animais, sintéticos, entre outros.
      Percebo que uma vontade sua é não utilizar o enxerto autógeno. É muito importante esclarecer para o senhor que o enxerto autógeno ainda é a melhor alternativa para a maioria das reconstruções ósseas, porém há algumas alternativas de acordo com cada caso. Os enxertos de hidroxiapatita pura, sem estar associado a osso autógeno, por exemplo, limita-se a alguns casos. É muito importante que o profissional indique bem essas situações, caso contrário o osso ganho pode ser de má qualidade para a instalação de implantes. O que estou tentando dizer, é que para nossa equipe, ainda trabalhamos bastante com osso autógeno, obtendo muito sucesso e pós-operatórios muito bons. Mas também utilizamos hidroxiapatita para alguns casos. Mas nos casos onde serão instalados os implantes na região anterior normalmente preferimos o autógeno. Fazemos praticamente todas as cirurgias somente com incisões na própria boca (sem necessidade de retirar de outra parte do corpo). Como disse anteriormente, temos bastante experiência com esta técnica e conseguimos um controle trans e pós-cirúrgico bastante satisfatório.
      Seria interessante uma avaliação clínica criteriosa, bem como de seus exames para complementarmos os comentários sobre seu caso.
      A habilidade do profissional com o material que se propõe a trabalhar, é fundamental para um bom resultado.
      Contei um pouco da nossa experiência para reabilitar a parte anterior da maxila.
      Procure conversar com seu cirurgião e só realize o procedimento quando estiver seguro, pois um dos principais fatores para uma boa recuperação é a confiança em um resultado positivo.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer suas dúvidas.
      Encontramo-nos a disposição para demais esclarecimentos.
      Att, Dr. Alberto Gurgel

  32. gostaria de saber se existe alguma tecnica que substitua o implante que deixe a ponte fixa realmente fixa á mucosa mastigatoria? e qual o valor para colocaçao de dez a doze dentes na parte detras superior e inferior. estou fazendo esta indagaçao por nao possuir estrutura ossea suficiente

    1. Prezado, pelas informações que pude observar, possivelmente seu caso necessite de uma avaliação mais criteriosa, com um exame clínico apurado e exames de imagem. O que podemos afirmar é que há sim implantes que mantém os dentes fixos à boca. Mas também há implantes onde os dentes pode ser removidos para higienização. Essa última opção normalmente se restringe aos casos onde o paciente necessita de uma prótese total, seja ela inferior ou superior, e não possui estrutura suficiente para muitos implantes. De um modo geral, os implantes são realizados para que consigamos fixar as prótese. Isso implica na necessidade de avaliar melhor sua situação.
      Com um exame apurado e criterioso, realizado pelos nossos profissionais, tenho certeza que vamos conseguir estabelecer um plano de tratamento incluindo todas as fases e valores de tratamento necessários ao seu caso.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer suas dúvidas.
      Encontramo-nos a disposição para demais esclarecimentos.
      Obrigado pela mensagem enviada.
      Att, Alberto Gurgel

  33. Ola doutores,
    Tenho 49 anos e comecei a usar protese parcial muito cedo, a partir dos 14 anos. Neste momento, uso superior total e possuo somente 5 dentes frontais na parte inferior.. Estou muito infeliz e desesperada, pois se tornou muito incomodo manter as proteses, estou com dificuldade de fala, mastigacao e sinto dore (esquenta, arde, doi) preciso ficar sem as pecas a maior parte do tempo, ou seja, para dormir, e as vezes ate para comer e necessario tirar a inferior. Ha cerca de 5 anos procurei um renomado dentista e implantologista em Santos-SP e e ja nesta altura ele me disse que meu caso era muito complicado, que ele nao saberia nem por onde comecar e que nem se eu pagasse (uma fortuna) ele faria, pois nao iria arriscar o seu DIPLOMA. O dentista me arrasou – mas mantive em mente que a odontologia esta sempre avancando e que uma solucao haveria.
    Acontece que agora esta insuportavel, e entrando na menopausa, pergunto?
    Ha uma chance? Posso fazer apenas implante osseo para garantir o uso de protese? Por favor, me responda. Sem ver a luz no fim do tunel, estou me sentindo suicida.

    1. Primeiro não se suicide! A odontologia esta sim em constante avanço, principalmente nessa área de reconstrução e implantodontia. Mesmo assim existem casos complexos que demandam várias etapas cirúrgicas e um tempo prolongado de tratamento. Pela sua história, somente o implante não resolveria seus problemas, porém existem maneiras seguras como reconstrução ósseo maxilar, levantamento de seio, que possibilitariam a posterior instalação de implantes e reabilitação. Sabemos que a menopausa acarreta algumas alterações, por isso o tratamento deve ser feito sempre em equipe (odontológico-médica, protesista, endocrinologista ou ginecologista).

      Att, Dr. Gabriela De Grande.

  34. bem eu tenho 27 anos perdi a maior parte dos dentes da frente ao meus12 anos,e tenho o maxilar inferior mas afastado do que o superior,neste caso gostaria de saber se e possivel a implatacao d uma protese fixa.e qual seria o metodo mais vialvel pra este tipo de caso? e quanto tempo levaria ate a uma recuperacao total? e em quanto esta avaliado este tratamento.

    1. Para todos seus questionamentos são necessários exames clínicos e de imagem para avaliar o seu tipo de oclusão a qualidade e quantidade óssea da região que perdeu os dentes e alguns outros aspectos. Em grande parte dos casos existe a possibilidade de realizar o tratamento com implantes, o tempo e custo do tratamento dependem do planejamento que foi feito para o seu caso.

      Att, Dr. Gabriela De Grande.

  35. Olá dr. na infancia eu tinha o inciso lateral direto torto ai meu pai mandou extrair por falta de condiçoes de colocar aparelho na época tinha 11 anos o espaço fechou muito e com 16 anos eu coloquei aparelho ortodtco e o dentista serrou a ponta do caninno pra transformar no inciso assi ele juntou todos os dentes sem deixar espaço usei aparelho por 3 anos e agora eu tirei mais odiei o resultado o canino colado no inciso central ficou muitoo alto alem de me encomodar bastante fiquei cm o sorriso muito torto entao estou pensando e por aparelho novamente pra abrir espaço pra inplnatar o dente perdido certamente terei q fazer enxerto mais minha preoucupaçao é se posso abrir o espaço tendo em vista q foi bem fechado esta colado um dente no outro mais está orroroso tenho muito desgosto do meu sorriso torto , hoj tenho 19 anos abg e aguardo respostas.

  36. Olá, doutor, fiz um enxerto ósseo(bovino) que não deu certo não houve ossintegração se é asim que se diz, agora vou fazer o autógeno na parte superior, devido o primeiro não ter dado certo corro o mesmo risco novamente com o autógeno?

  37. oi, tenho 14 anos e não tenho dois dentes da frente, os dois permanentes não nasceram, e quando cairam os de leite fiquei sem, com dois buracos, estou usando aparelho para não fechar os buracos, minha dentista disse que teria de fazer implante, minha estrutura ossea ja esta terminada, quando poderia fazer os implantes? eu não quero esperar até os 18 anos, e sinto muito mal assim :/ queria saber se tem algum jeito..
    sei que minha estrutura oseea ja esta pronta, pois tive problemas serios de coluna e fiz varios exames, então o medico disse que ja estava totalmente formada…
    por favor me ajude, obrigada

    1. Com certeza essa ausência deve ser um incomodo para você, se sua estrutura óssea já está completamente formada, vão existir contra indicações para o seu tratamento com implantes. Procure nossa clínica, que aliados a exames clínicos e de imagens planejaremos sua cirurgia com muito prazer.

      Att, Dr. Gabriela De Grande.

  38. Olá Dr Alexandre

    vou fazer uma cirugia de enxerto aveolar na proxima semana. Vou retirar o crista do osso ilíaco. Gostaria de saber, se á pós a cirugia vou poder andar normalmente e se á ausencia desse osso vai me prejudicar. estou com muito medo. Se for possivel me responde até sexta, por favor! Desde já eu agradeço.

    1. Prezada, pedimos perdão se a resposta não chegar a tempo. Veja bem, este é um tipo de procedimento que é realizado normalmente para grandes reconstruções de enxerto. Eu disse normalmente. Isso vai depender de vários aspectos que são inerentes ao seu caso, e infelizmente não possuímos informações suficientes sobre o mesmo.
      Quanto a questão de poder andar, em geral guarda-se uma certa cautela com a região do quadril. É comum o paciente apresentar algumas dores e desconfortos durante o movimento desta região. Isso pode durar de poucos dias a semanas, dependendo da quantidade a ser retirada, da técnica utilizada, dos cuidados pós-operatórios e, naturalmente, do poder de recuperação de cada paciente. Há medicamentos disponíveis que são capazes de controlar perfeitamente esses quadros de dor.
      Essa região, dependendo da técnica utilizada, tende a recuperar-se totalmente e ter o osso regenerado em poucos meses. Portanto não é comum haver sequelas, mas como em todo procedimento há riscos envolvidos e esses tem que ser esclarecidos, ainda que bastante remotos. Procure conversar com seu cirurgião e só realize o procedimento quando estiver seguro(a), pois um dos principais fatores para uma boa recuperação é a confiança em um resultado positivo.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer suas dúvidas.
      Boa sorte em seu tratamento. Sucesso.
      Att, Dr. Alberto Gurgel

  39. prezado Dr.

    Por favor me ajude. Fiz enxerto ósseo em uma área da maxila, onde antes usava prótese. Só que agora estou tendo muitas dificuldades para falar, pois a área está sem dentes. Seria possível usar uma prótese adaptada sobre essa área? ainda que apenas para uso socialmente. Estou aflito.

  40. Olá doutor Daniel!
    Meus últimos molares da mandíbula inclinaram um pouco devido a falta dos dois próximos molares e tenho receio de entre o implante e o último dente inclinado ficar uma fenda que possa me causar problemas mais tarde. Além disso minha espessura é de 4mm e 3.8 mm e a altura é de 15mm e 14 mm respecitivamente. Tenho mesmo que fazer o enxerto ósseo?
    Obrigada.
    Silvania.

    1. Silvânia, tudo isso deve ser avaliado no planejamento feito em parceria de equipe cirúrgica com a protética. O enxerto ósseo é um recurso que podemos lançar mão por restabelecer as dimensões ósseas para possível instalação de implante ou para melhorar a estética na região. Portanto, sugiro que venha a clínica para podermos realizar uma avaliação do quadro clínico geral e assim podermos lhe propor um planejamento ideal.

      Att, Dr. Gabriela De Grande.

  41. segundo uma panoramica recente que eu tirei 06/2012 o Dr me avaliu e disse que na parte superior eu nao tenho mais ossos eu preciso saber de voçes se exite alguma possibilidade de um implante superior.

    Guaxupé MG

    1. Infelizmente não tenho como responder com precisão seu questionamento sem exames clínicos e de imagens. Porém posso dizer que para casos de maxila atrófica existem algumas possibilidades de tratamento como, enxerto ósseo e levantamento de seio maxilar com posterior instalação de implantes.

      Att, Dr. Gabriela De Grande.

  42. olá, fiz um enxerto osseo fazem 18 dias, nao tive problemas no pos operatorio, tomei medicação e foi tudo bem, so inchaço e hematomas. Porém, agora sintos dores em todos os dentes, ate porque ja estou usando a protese que tinha antes, mas nao sei, ja estourou os canaiis de dois dentes, tem a ver alguma coisa isso?? por causa do enxerto deu problemas nos dentes??
    Atenciosamente
    Rose

    1. Rose, provavelmente o desconforto que tem sentido é ocasionado pelo trauma cirúrgico e não por lesões nos dentes vizinhos. A recuperação de uma cirurgia como esta pode ser um pouco inconveniente. A minha orientação é que procure seu cirurgião para uma avaliação clínica e melhora dos sintomas.

      Att, Dr. Gabriela De Grande.

  43. Perdi um dente da frente com 17 anos, com raiz e tudo. hoje tenho 19 e queria fazer um implante, o tempo em que fiquei sem fazer nada vai atrapalhar ou impossibilitar algo na realização do implante?

    1. Em alguns casos, pelo osso estar sem função ou por durante a cirurgia ocorrer reabsorção óssea, indicamos preenchimento do alvéolo (região onde se encontra a raiz do dente), com osso particulado logo após a escodontia. Exames clínicos e tomográficos são necessários para avaliar a região e realizar o planejamento correto para seu implante.

      Att, Dr. Gabriela De Grande.

  44. mandei para o dentista, a tomografia, os exames de sangue, e aguardo resposta do laboratorio para o enxerto ossio, guanto tempo demora isso?

  45. Olá!
    Eu uso aparelho ortodôntico há 4 anos e meu dentista não conseguiu resolver meu caso. Fui a dois dentistas cirurgiões, e os mesmos classificaram o meu caso como raro, já que foi diagnosticado anquilose na parte superior direita da minha arcada dentária. pareço ser banguela do canino, pré-molar e molares. No entanto tenho todos os dentes. Fiz uma cirurgia para tentar tracioná-los, porém não deu certo. Os dentes pararam de crescer e na região não houve crescimento ósseo como ao do lado esquerdo. Por causa da cirurgia perdi mais massa óssea o que piorou o aspecto do meu sorriso. Meu ortodentista indicou extração, enxerto ósseo e implante. E tem um detalhe que não posso deixar de citar. Tenho uma irmã gêmea e nossos casos são muito similares. Me dêem um conselho por favor! Já estou desacreditada e receio que o tratamento implantodológico será muito caro e não tenho condições de arcar com um orçamento tão elevado.

    1. Prezada, veja bem: pelo que pude perceber seu caso realmente não é comum. Mas também não parece ser sem solução. há algumas alternativas para os tratamentos de dentes anquilosados. Eles realmente são de uma complexidade um pouco maior do que os dentes inclusos (dentro do osso) convencionais.
      Há alguns fatores importantes nessa discussão. Primeiro é saber qual a sua idade, para que possamos conhecer a quanto tempo esses dentes estão aí. Quanto mais tempo permanecem, normalmente mais anquilosados ficam. Segundo, devemos definir se realmente estamos tratando de uma anquilose ou de outra enfermidade, como por exemplo mudanças na forma da raiz dentária. E em terceiro lugar, é saber como seu caso foi conduzido até agora. Como foi dito anteriormente, há alternativas sim, mas precisamos saber se ainda são aplicáveis ao seu caso (e da sua irmã). Em último caso devemos sim partir para procedimentos mais avançados, como extrações, enxertos e implantes. Mas consideramos muito cedo dar uma opinião final sem antes avaliar clinicamente seu caso. Além do mais, os dados familiares que citou são muitíssimo importantes para fecharmos o diagnóstico.
      Caso aceite nossa opinião, convidamos para que nos traga seus exames prévios, de modo que nossa equipe possa recebê-lo(a) na clínica Oral Estética e, após uma avaliação criteriosa, emita uma opinião sobre seu caso.

      Esperamos ter ajudado a esclarecer suas dúvidas.
      Encontramo-nos ao seu dispor.
      Obrigado pela mensagem enviada.
      Att, Dr. Alberto Gurgel

  46. Bom dia!

    Estou em tratamento dentário e durante esse tratamento foi constatado um fratura no dente de nº 12 (superior), fiz aumento de coroa clínica e não teve jeito me vi obrigada a extrair o dente, estou usando uma prótese provisória em acrílico. Estou muito incomodada com isso, comprometendo totalmente a estética já que ficou um buraco e a protese vai ácima dos outros dentes.
    Estou fazendo avaliações para um implante, porém foi constatado que houve absorção óssea e na parte frontal quase não tenho osso.
    A minha pergunta é quanto tempo levaria para aguardar depois do enxerto ósseo até a colocão da prótese sobre implante?

  47. Boa tarde,perdi um dente da frente ha 9 anos,coloquei um pivo,provisório,agora quero fazer um implante e não sei se será possivel sem enxerto osseo
    Existe um tempo determinado para a perda ossea total,ou depende de pessoa para pessoa?
    é possivel que mesmo depois de 9 anos eu ainda consiga fazer o implante sem enxerto osseo??

    Agradeço desde já

    1. Prezada, é possível sim. Mas não podemos lhe dizer com certeza, sem antes fazer um exame minucioso. Os implantes evoluíram bastante de alguns anos para cá. Com isso, hoje conseguimos solucionar problemas que a alguns anos não conseguíamos. Isso se dá aos avanços tecnológicos alcançados pela indústria de implantes dentários.
      Em alguns casos, podemos realizar preenchimentos com material sintético ou até no nosso corpo, de forma muito mais conservadora do que anos atrás. Infelizmente o processo de absorção óssea, quando da perda dentária, é contínuo, mas bastante variável de pessoa para pessoa. Ou seja, algumas pessoas após anos de perda dentária, não tem praticamente nenhuma perda, enquanto outras podem perdê-lo em poucos meses. Também é muito importante conhecer a maneira como este dente foi perdido.
      Em resumo, se compararmos a situação atual com a de antigamente, podemos dizer que há tratamentos muito mais conservadores em relação a 10 anos atrás.
      Para uma melhor avaliação e esclarecimentos, o(a) convidamos para conhecer a nossa clínica e nossos profissionais para que sua avaliação seja completada de forma a deixar o(a) senhor(a) mais seguro(a) de sua situação clínica.

      Esperamos ter ajudado a esclarecer suas dúvidas.
      Encontramo-nos ao seu dispor.
      Obrigado pela mensagem enviada.
      Att, Dr. Alberto Gurgel

  48. Ola fiz pela terceira vez um enxerto ósseo, visto que os anteriores nao foram bem sucedidos, foi usado agora o Bio oss..Collagem,ja faz 7 dias , e estou ainda sob efeito da anestesia, não sinto meu nariz do lado do enxerto, se bem que vem melhorando a cada dia….ontém estava bem pior….obrigada Maysa.

  49. Boa noite!
    Removi um canino incluso que se localizava entre o seio maxilar e a fossa nasal do osso maxilar siperior, e no lugar do buraco que ficou após a retirada do dente, foi colocado enxerto ósseo. Gostaria de saber, quanto tempo após a cirurgia eu vou poder voltar à mastigação normal?

    1. Prezada, veja bem. Isto depende muito da técnica cirúrgica que foi utilizada. Em princípio se a altura do enxerto foi ao nível da fossa nasal, não enxergo muitos problemas em mastigar. Mas é muito difícil essa avaliação sem antes examinar fisicamente e através de imagens seu caso. Pedimos desculpas pela resposta ser limitada.

      Esperamos ter ajudado a esclarecer suas dúvidas.
      Obrigado pela mensagem enviada.

      Att, Dr. Alberto Gurgel

  50. Fiz enxerto osseo fazem 6 meses. durante a cirurgia foi retirado um ossinho da frente chamado freio.
    Minha gengiva retraiu bastante., quase chegando na proximidade do nariz. Estou com dúvidas como que será esse protocolo que vou colocar. Será que vai ser dentões?….segundo a dentista, disse-me que esse procedimento se fez necessário p/se obter melhor resultado estético pois a colocação da protese sem esse procedimento iria me deixar com o lábio superior murcho. Procede isso Drs?……

  51. Estou muito preocupada, fiz enxerto osseo em abril de 2011, em abril de 2012 fiz os implantes da regiâo 11, 12, 21, 22, não sei o que aconteceu, em cima do canino lateral direito aos implantes, ficou uma lesão q/ não cicatrizou, e agora dia 06/09/2012 ao abrir para colocação dos cicatrizadores( acho que é esse o nome) acabei tendo que tirar tudo, o dr. disse que os implantes não tinham osso suficiente, só um estava bem coberto e por cautela resolver retirar todos os implantes, fiquei arrasada, pois esta é a quarta cirurgia e realmente é assustador ter que voltar a estaca zero, terei que fazer nono enxerto, uma vez que o primeiro não cobriu os implantes?

  52. Prezada Eldines, este tipo de relato envolve uma série de preocupações. As situações de trauma costumam causar perdas imprevisíveis. Por esse motivo, a reconstrução deve ser planejada em mínimos detalhes.
    O ideal, para o seu caso, talvez seja realizar um tipo de planejamento diferenciado que chamamos de “planejamento reverso”. Este planejamento compreende realizar moldagens para obter modelos de estudo da arcada dentária, análises clínicas e laboratoriais, além de alguns exames de imagem.
    Sugiro uma avaliação mais detalhada para que possamos orientar melhor sua reabilitação oral.
    Esperamos ter ajudado a esclarecer sua dúvida.

    Att, Dr. Alberto Gurgel.

  53. Boa tarde Dr.(a)
    Hà dois meses e meio fiz a 3° cirurgia de enxerto ósseo para a colocação de implante dentário.diferentemente das outras cirurgias,após dois meses tenho sentido o cheiro do implante bovino do lado da narina que foi feita a cirurgia.Esse cheiro é muito desagradável, principalmente quando estou muito próximo de outras pessoas. Gostaria de saber se isso é normal acontecer? Se não, o que pode estar acontecendo.
    Grato pela atenção.
    Um grande abraço.

    Fernando

    1. Caro Fernando, o odor que está sentindo, não é normal. Mas também não indica que houve insucesso na cirurgia. É necessário que haja uma interação entre você e o profissional que realizou o procedimento, de modo que possa solicitar exames de imagem e se prescreva outras terapias para controle deste problema. Em todas as cirurgias para “elevação de seio maxilar” (que imagino ser o seu caso), acontece uma reação inflamatória nesta região. Mas o normal é essa reação ser controlada pelo uso de medicamentos e terapias locais, como irrigação com soluções fisiológicas. Mas insisto, o caso deve ser analisado minuciosamente.
      Estamos à disposição para qualquer outro esclarecimento.
      Esperamos ter ajudado a esclarecer suas dúvidas.
      Obrigado pela mensagem enviada.
      Att, Dr. Alberto Gurgel

  54. ola doutor,
    tenho uma duvida em relacao a um implante dentario..
    vou fazer um implante dentario e no raio x panoramico descobri que no lugar que vou fazer implante o dente nasceu e esta no ceu da minha boca nao da pra ver o dente so aparece no raio x..
    a minha pergunta eh ..posso fazer o implante assim mesmo com esse dente no ceu da boca e nao ira me prejudicar depois?o dentista disse que nao tem problema sera verdade estou na duvida..
    obrigado..
    aguardo resp..

    1. Prezada, de acordo com sua informação imagino que se trate de um dente incluso no céu da boca. A nossa conduta normalmente é avaliar a necessidade de retirar esse dente ou a possibilidade de colocá-lo em posição, se esse for o caso. Como não sei de qual dente se trata, essa informação torna-se limitada.
      Em geral caso o dente não tenha condições de ser reposicionado, conduzimos com a remoção cirúrgica deste. Em poucos casos resolvemos por acompanhar radiograficamente. Essa nossa conduta se dá pelo fato de em alguns casos haver a possibilidade de formação de algumas alterações nestes dentes, já bastante sedimentadas na literatura médico-científica.
      Apesar das informações que lhe passei, é de fundamental importância a avaliação clínica e de imagem para um fechamento de diagnóstico.
      Caso haja alguma proximidade do dente com o implante, é prudente que você converse com o profissional. Lembrando que a confiança no tratamento é fundamental para uma boa recuperação e sucesso. Portanto converse com o dentista de modo que este lhe faça sentir-se com mais segurança.

      Espero ter ajudado com alguma informação.
      Estamos à disposição para outros esclarecimentos.

      Att, Dr. Alberto Gurgel

  55. Olá já Fiz 3 enxerto osseo, porem o primeiro infecçonou depois de 3 meses, Fizemos outro enxerto e tambem infecçonou depois de uma semana (ficou exposto o enxerto), e agora refizemos novamente.
    Mas fico preocupada devido ser um procedimento traumatizante.
    Qual os cuidados principais devo ter? e quanto tempo passa o perigo de infecção?

    no aguardo.

    1. Prezada, para melhor lhe ajudar seria importante que tivéssemos informações clínicas e cirúrgicas do seu procedimento, bem como tipo de material utilizado e área que foi operada. O fato de ter infecções repetidas pode estar relacionado aos fatores citados, bem como de cuidados pós-operatórios que tomou e da sua condição de saúde geral. O risco de infecção pode ocorrer em qualquer fase, mas pode ser evitada com procedimentos clínicos e cuidados durante todo o processo de integração.
      Avaliando a situação supracitada, sugiro que consulte seu profissional para que ele lhe ajude nessas informações.
      Espero ter ajudado em alguma informação.
      Estamos à disposição para outros esclarecimentos.
      Att, Dr. Alberto Gurgel

  56. Tenho 28 anos, uso dentadura superior desde 15 anos. Ainda posso fazer implante, seria necessario enxerto osseo. Me de uma luz, aparento ser bem mais velha, meus labios estao mais finos e minha boca é funda.

    1. Prezada, será um prazer ajudar-lhe a chegar num resultado final que lhe agrade. Em princípio podemos realizar implantes em qualquer idade adulta. O que não temos como saber é se realmente a quantidade de osso remanescente que você possui será suficiente para que nós façamos este tratamento sem a necessidade de enxertos. Seria muito importante realizar uma avaliação clínica e possivelmente exames de imagem para que verifiquemos essa possibilidade. Insisto que na sua idade devemos sim fazer todas as tentativas para lhe devolver um sorriso e mastigação mais próximos do natural possível.
      Pelo fato de você ser muito jovem, todos os tratamentos tendem a ser mais favoráveis, inclusive os de enxerto.
      Hoje em dia as técnicas operatórias e protéticas são muito mais avançadas do que antigamente. Com isso os resultados são muito mais previsíveis e menos desgastantes.
      Venha a nossa clínica para uma avaliação com nossos profissionais. Eles estarão a sua disposição para esclarecer qualquer dúvida relacionada ao seu tratamento. Possuímos todas as especialidades odontológicas para lhe atender no que for preciso.

      Espero ter ajudado no esclarecimento de suas dúvidas.
      Att, Dr. Alberto Gurgel

  57. Boa tarde!
    Dr. Faz 02 meses que precisei extrair um dente. inicialmente ele precisava de canal. Mas com tantas tentativas não foi possível concluir, fui em dois profissionais o dente ficou muito machucado por tantas tentativas no final a conclusão que não tinha mais jeito era mesmo extrair este dente.
    Após extrair o dente o dentista sugeriu fazer um implante após algum tempo que foi dia 17 de setembro fiz o procedimento em colocar o pino já faz 09 duas hoje.O local esta bastante dolorido estou ainda com alimentos bem leves, estou a base de medicamentos para dor de 8 em 8 horas se não tomo volta a doer muito. Diz o dentista que é normal, estou com um medicamento antibiótico de 8 em 8 horas desde esta terça, ainda sinto muita dor o que pode ser?
    Pesquisei uns dizem que não doi, outros dizem que sim. Será que estou com algo grave?

    1. Prezada Simone, de um modo geral, a dor pós-operatória em uma cirurgia para implante pode ser controlada facilmente com medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios em poucos dias. O fato de estar doendo durante tanto tempo pode estar relacionado a alguns fatores inerentes ao procedimento que foi realizado. Seria muito importante mais informações sobre a área onde foi realizado e em quais condições. Para isso, faz-se necessária uma avaliação dos aspectos clínicos e radiográficos pré e pós-operatórios. Há ainda fatores de cuidados pós-operatórios que devem ser bem respeitados, como alimentação, higiene, repouso, que pelo que pude observar foram bem respeitados em seu caso.
      Não acredito que haja algo grave, pelas informações que pude ler. Mas dor é um aspecto importante e deve ser respeitado como tal. A sua dor tem que ser sanada o mais breve possível, seja ela de qualquer intensidade.
      Estamos a sua inteira disposição para maiores esclarecimentos.
      Espero poder ajudar de alguma forma.
      Atenciosamente,.

      Att, Dr. Alberto Gurgel

  58. Olá Dr!
    Fiz enxerto ósseo autógeno retirado do ramo, e enxertado na regiao 21, minha dúvida é como proceder na higienização, limpo com cotonete e um enxaguante bucal, só q vejo perto dos pontos uma pele branca tentei retirar não creio q seja residuo de liquidos q tomo pois não posso comer ainda, gostaria de saber o que pode ser, não sinto dor nem incomondo, mas quero cuidar direitinho para não inflamar.
    Desde já agradeço!

  59. Olá,
    Fiz enxerto ontem do ilíaco na mandíbula dos dois lados e na maxila na região do canino, de um lado só… Estou com o rosto bem inchado, mas não sinto os lábios, nem as bochechas! É normal?

    1. Boa tarde Ana,
      Espero que esteja bem e tenha se recuperado da cirurgia. Durante o pós operatório de uma cirurgia de tamanha extensão pode haver edema, hematomas e perda de sensibilidade temporária nessa região.

      Qualquer dúvida, estamos aqui!
      Agradecida

  60. Boa tarde!
    Dr. faz em torno de dois meses que fiz cirurgia de dois enxertos ósseos, e a uns dias atrás sinto um odor muito deagradável, saindo pelo ar de minha boca e narinas.
    O Sr, poderia explicar se a razão desse odor desagradável é consequência da cirurugia do enxerto. Grato.

    1. Boa tarde Joel,
      fica difícil avaliar a causa do odor sem exames clinico e radiográfico. Talvez o odor seja falta de higienização na área enxertada, ou infecção da mesma, acumulo de tártaro em outra região. Só com avaliação poderia te dizer com certeza a causa desse seu desconforto.

      obrigada pela procura

  61. Olá Profissionais,
    Fui perdendo meus dentes cedo apos o uso de muito antibioticos na infancia, fiz alguns tratamentos,que foram interrompidos tenho pavor de dentista, a minha dentição é horrivel, pontes cheia de remendos, estou procurando o reabilitar o meu sorriso há varias anos é minha meta, mais nao passa de vou fazer hj vou fazer amanha e assim vai e se passando o tempo, queria ter uma ideia de quanto custa 1 impante, uma coroa, um encherto osseo, para que avalie quanto iria ter de gastar
    Obrigado aguardo resposta,

    Obrigado

  62. Fiz um enxerto autógeno há seis dias, com retirada de osso do mento, em seguida coloquei uma prótese para não ficar sem os dentes. Sinto incômodo terrível, com dores na coluna e não consigo dormir, pois não encontro posição. além disso, fiquei sem sensibilidade na área do queixo, não sinto nada, fico babando, estou muito incomodada. Isso tudo é normal ao processo de recuperação? Não estou falando.
    Obrigada,

    1. Boa tarde Maria Cristina,
      o processo de recuperação desse tipo de cirurgia é muitas vezes inconveniente, na região de mento temos muitas inserções e forames por onde saem dois nervos. Durante esse primeiro período, esses nervos podem ser dessensibilizados, pela extensão da cirurgia, porém o normal é que estes sintomas passem e a senhora volte a sentir normalmente a região. O tempo de recuperação varia para cada paciente.

      Estimo melhoras,

  63. Ola, Dr.

    Faz oito dias que fiz enxerto osseo , no mesmo dia , a minha dentista colocou aparelho nos meus dentes, meu rosto ainda está inchado, pode haver alguma relacao nisso?
    Pode colocar aparelho apos esta cirurgia?

    1. Boa tarde Adriano,
      Esse aparelho pode sim ser instalado, desde que não esteja ativo, ou seja, ainda nao esteja tracionando os elementos na região enxertada!
      A cirurgia de reconstrução de enxerto é bem extensa e edemas e hematomas são normais após a cirurgia, e devem sair até 10 dias de pós operatório.

      Espero ter ajudado.
      Gabriela De Grande

  64. fiz uma cirurgia para extração de canino incluso, e hoje tentei fazer implante, mas na cirurgia foi constatado que não há osso nenhum nessa região, sendo que não é possivel nem tampouco o enxerto de osso. É fim de caso? Não há jeito?

    1. Boa tarde Zenaide,
      Gostaríamos muitos de avaliar sua situação, existem exames tomográficos que mostrarão a quantidade e qualidade óssea na região. Por isso, a resposta que você procura só poderá ser dada após a avaliação dos mesmo.

      Grata,
      Gabriela

  65. DR. fiz implante ósseo c/ osso bovino no maxilar,faz cinco meses,me dentista quer colocar 8 pinos de uma só vez p/ implantes dos dentes,gostaria de saber sua opinião,é perigoso fazer este tipo de procedimento em consultório só c/ anestseia local e a qtde de pinos não é muito p/ fazer em uma só vez? o que me aconselha,e quais os riscos.grata

  66. ola boa tarde eu uso dentadura a mais de 15 anos na parte superior gostaria de saber se e preciso enxerto ossea gostaria de saber se doi muito porque muntas pessoas dizen que doi pra caramba eu tem muinto medo poren tem um sonho de colocar uma protes fixa obridas gado fico no aguardo das respostas

    1. Boa tarde Wany,
      Só posso dizer se será necessário o preenchimento com enxerto quando fizer os exames clínicos e tomograficos para avaliar sua arcada dentária remanescente.
      O período pré e pós operatórios são bem acompanhados na clinica, e a senhora, receberá todos as orientações para que haja o mínimo desconforto durante o processo cicatricial. Garanto que a satisfação de ter próteses fixas e/ou semi fixas superam a etapa cirurgica do tratamento.

      Gabriela De Grande

  67. Bom dia!

    Tem 4 anos que fiz enxerto osseo e coloquei o dente, mas de um mês pra cá sinto o dente o emplante mole, Dr. o que pode ser?

    desde ja lhe agradeço, por favor me responde pois moro no interior do Estado do Pará, não posso no momento retorna em goianio, onde fiz o emplante…obrigada

    1. Boa tarde Luciana,

      Dificil dar uma resposta sem avaliar clinicamente e rediograficamente seu caso. O implante dentário deve ser cuidado, higienizado, como o dente natural.As principais causas de mobilidade da prótese sobre implantes é afrouxamento de parafuso que prende a prótese ao implante e perda óssea ao redor do implante por higienização deficiente. Sugiro que procure um cirurgião dentista, implantodontista, para avaliar seu caso. Espero ter ajudado Gabriela De Grande

  68. Fiz uma cirurgia de enxerto de osso faz 3 meses na parte superior logo no primeiro mës começou a abrir um dos lado foi colocado 5 bloco de osso já que seräo feito 5 implantes + agora tá abrindo o outro lado, gostaria de saber se é normal abrir näo estar infeccionado + abriu, gostaria de saber se é normal ou vou ter que retirar o osso e colocar outro!!!!

    1. Boa tarde Elaine,
      O processo cicatricial do tecido mole na maioria das vezes vem acompanhado de retração gengival, imagine um tapete, reto no piso, se colocamos um pedaço de madeira sob ele, algum lugar antes coberto pelo tepete, ficara exposto, concorda!? O mesmo ocorre com o tecido mole que cobre a tabua óssea a qual receberá o enxerto. O volume de osso aumenta e a gengiva, não acompanha este crescimento. Existem técnicas cirúrgicas próprias para liberação de tecido mole, que proporcionam a cobertura completa e ideal do enxerto durante todo o processo cicatricial. Estas técnicas deveriam ter sido usadas no seu caso para não haver exposição do tecido ósseo enxertado. Isso não quer dizer que o enxerto está perdido,ele deve ser avaliado e acompanhado pelo cirurgião, para mante-lo livre de infecções.

  69. Como ja citei anteriormente fiz enxerto em 14/01 apresentei infecção e foi necessario abrir um dos lados no 12.11 onde foi feita limpeza com colocação de antibioticos. Porém faz 01 mês que reabri e ainda sinto umas fiscadas no local acho uma especie de incomodo (dor suportavel) ao sorrir e na região doadora também sinto umas fiscadas no queixo isso é normal, porque minha medica disse que clinicamente estou bem, e que isto são sintomas normais que irão passar. E que isto ocorre porque ha nervos na região doadora.

    Agora realmente não percebo mais infecção então porque ainda sinto estes sintomas, não fiquei muito satisfeita com minha medica porque apesar do diagnostico que clinicamentee estou bem, pode ta havendo alguma coisa internamente.

    por favor respondam, voçes devem ter algum caso parecido.

    1. Boa tarde Elenilda,
      Fica difícil te dar uma posição sobre seu tratamento, sem exame clinico e de imagens, porém o que tenho para esclarecer é que, em alguns casos, a área doadora de enxerto pode sim ficar sensibilizada durante um período, pela presença desses nervos que sua cirurgiã já esclareceu. Em relação ‘a infecção no leito receptor, isso deve ser acompanhado, através de exames clinico e de imagens para certeza de não reicindiva. O processo cicatricial pode causar um certo desconforto na região,já que os tecidos estão se reorganizando, porém esse desconforto deve ser sempre investigado, visando melhorar o período de recuperação, e integridade do enxerto. Espero ter ajudado, Gabriela De Grande

  70. ola boa bondia , estou querendo fazer implante com protocolo de branemar com alunos da faculdade da usp de sp mas porem tem muinto medo pois ja fiz a radiografia e ele mi pedio tomografia pois ele diz que eu nao tem osso suficiente pra colocar os implnte ,mas se tiver de colocar enxerto tem medo aliaz medo de perfurar o osso pra colocar os impantes , ele diz que tem que colocar 6 implantes pra fixar a protes benemar . eu devo fazer com alunos nao corro nenhum perigo por favor mi ajuda

  71. BOA NOITE

    VOU FAZER ENCHERTO OSSEO E POR 7 PINOS PARTE SUPERIOR PARA COLOCAR UM PROTOCOLO(TIPO DENTADURA FIXA) O DENTISTA ME COBROU 9.000,00 QUERO SABER SE ESTA É A FAIXA DE PREÇO,POR FAVOR ME RESPONDA POR EMAIL SE NAO QUISER FALAR O PREÇO POR AQUI,,,POIS PROCUREI RESPOSTAS E SAO TODAS VAGAS SEM NENHUMA EXPLICAÇAO PARA TERMOS NOÇAO. OBRIGADA

  72. Boa noite ou bom dia, tarde doutor. Tenho periodontite e já fiz muitas pesquisas na internet buscando alguma solução para a perda do tecido osseo alveolar. Tenho muitas dúvidas sobre esse assunto e gostaria muito que o doutor pudesse me esclarecer respondendo minhas perguntas. Gostaria de saber se existe algum tratamento capaz de reconstituir o tecido osseo perdido sem a necessidade de ser feito o implante dentario, ou seja, estimular de alguma forma que o tecido osseo perdido seja refeito sem a perda do dente por ele sustentado. Tem algum tratamento para repor o tecido osseo perdido sem a necessidade de arrancar o dente que se encontra fixado nele ? Uma outra pergunta, alguma vez ja ouve regeneração do tecido osseo perdido por algum paciente ? A regeneração ossea pode acontecer ou uma vez que se perca tecido osseo ele nunca mais se regenera ? Obrigado pela oportunidade de tirar essas duvidas, fico muito grato e ansioso para ler a resposta. obrigado mais uma vez.

    1. Quanto à perda do tecido ósseo, não há regeneração. Dispomos do tratamento de preenchimento ósseo, onde não é necessária a extração do dente. Só que isso deve ser avaliado por um especialista, para que possa ser feito um planejamento de acordo com o seu caso. Para minimizar o problema de perda óssea, o ideal é que o senhor faça regularmente o tratamento de periodontite na região afetada. Entre em contato conosco pelo telefone 3606-3000, que agendaremos uma avaliação com nossos especialistas.

  73. tenho 17 anos , uso aparelho ortodontico mas dois dos meus dentes nao nasceram , por isso tenho um dente de leite ate hoje (que esta no lugar do canino e meu canino esta no lugar do incisivo lateral) , queria saber se ha possibilidade para eu fazer um implante com a minha idade e se nesse caso ha osso no lugar ,como meu dente permanente nao nasceu se prescisarei fazer enxerto?

    1. Bom dia, Claudia

      Quanto ao implante, é possível fazer sim, só precisa avaliar se é necessário o enxerto, ou não. Isso só podemos dizer após uma avaliação de seus exames. Vamos marcar uma avaliação com nosso especialista? Deixe seu contato, que entraremos em contato para marcar.

      Grata,
      Thatiane Rodrigues

  74. Bom dia, por favor, uso dentadura removivel a quinze anos, perdi meus dentes muito cedo com quinze anos de idade, quero saber se vou precisar de enxerto osseo, e se meu caso tem como implantar, mesmo com todo esse tempo…
    Desejo muito fazer o implante, sao quatro dentes entre as presas superiores que me faltam e que quero implantar, sera que seria muito caro, pois no momento minhas condicoes sao poucas e se poderia ser divido pra pagar por favor doutor, se puder tire minhas duvidas, obrigado

    1. Bom dia, Flávio

      Para sabermos se há necessidade de enxerto, temos que avaliar seus exames. Venha fazer um orçamento conosco, que negociaremos a melhor forma de pagamento. Normalmente, tem como dividir sim. Podemos marcar uma avaliação?

      Grata,
      Thatiane Rodrigues

  75. Olá tenho periodontite uso prótes superior 4 dentes desde os 15 anos, os meus dentes inferiores estão afastados e as presas superiores muito grandes será se esse problema pode ser corrigido com enxerto e implante pois preciso renovar minha auto estima.
    Grata juliana

    1. Bom dia, Juliana

      Com certeza podemos restaurar o seu sorriso e devolver sua alto estima. Existem várias formas de melhorar a estética do sorriso, além dos implantes e enxerto. Só temos como dizer o que melhor se encaixa no seu caso, após uma avaliação inicial com nossos especialistas. Podemos marcar uma consulta? Deixe seu contato, ou ligue no 3606-3000 que agendaremos.

      Grata,
      Thatiane Rodrigues

  76. Olá Dr.
    Mesmo não ter perdido dentes tenho uma perda ossea grande na parte superior, em que fui recomendada a extrair todos os dentes, fazer enxerto osseo e implantar (todos da parte superior). tenho mtos medos e dúvidas. a principal delas é: após o enxerto osseo até a implantação dos dentes (mais que 4 meses de cicatrização) eu ficaria sem dente algum??meses sem dentes na parte superior ou é colocada uma protese após a cirurgia de enxerto osseo?se eu ficar sem os dentes superior nao teria coragem de voltar ao trabalho ou sequer ver alguem, tamanha a vergonha.me desculpem mas é um desabafo!
    quero muito sim fazer uma avaliação com vcs, mas me antecipem essa duvida por favor.
    mto obrigada

    1. Não se preocupe, que é sim colocada uma prótese provisória durante todo o período de cicatrização. Marque uma avaliação conosco que analisaremos seus exames para dar um diagnóstico de acordo com o seu caso. Pode deixar seu contato que retornaremos para marcar uma consulta com nossos especialistas, ou ligue no 3606-3000.

      Grata,
      Thatiane Rodrigues

  77. Bom dia, Atendimento Oral Estética!!!

    Eu fiz uma avaliação com um periodontista e o mesmo me informou que tenho perda óssea e preciso fazer um enxerto em um dos meus dentes. Fiquei muito assustada por não saber e não conhecer muito do procedimento. O único exame que fiz foi a radiografia, por tanto quero saber se preciso de mais algum exame. Ele me informou que não ia retirar nada do meu corpo para fazer o enxerto, que seria uma cirurgia simples, mais necessária porque se não futuramente posso perder o dente. Esse tipo de cirurgia é feita em consultórios mesmo? Não é necessário retirar nada da pessoa e o que é colocado no lugar? Tenho que fazer alguma coisa antes da cirurgia, ou seja, tomar algum procedimento? Como é feita a cirurgia? E como é o pós operatório? Por favor tire essas dúvidas, obrigada!!!

    1. Prezada senhora Gilsandra, bom dia. Veja bem, por se tratar de um enxerto para uma perda óssea, onde não será utilizado nenhum tecido do seu organismo, imagino se tratar de enxerto sintético ou de origem animal. Existe no mercado atual vários tipos de enxerto para diferentes tipos de aplicação. Em se tratando de uma perda óssea relacionada a elemento dentário, onde não há o objetivo de fazer implante, temos uma gama muito restrita de tratamentos.
      Todas as colocações que aqui escrevo, são baseadas nas informações que nos passou. É necessário que tenhamos mais informações sobre seu caso, como por exemplo fotos da cavidade oral e dos exames de imagem solicitados. Por isso não posso tecer comentários sobre uma possível “perda dental” caso não seja realizado o procedimento, como relatou em seu texto.
      Possuímos como protocolo para qualquer tipo de enxerto, seja próprio (autógeno) ou não (xenógeno ou alóplástico), a realização de exame de tomografia para mensurar com maior precisão a extensão do defeito relacionado. Mas tal exame não é obrigatório em todos os casos. Parte da conduta de cada profissional, com base no conhecimento técnicas e experiência de utilização das mesmas.
      Muitos enxertos são realizados sob anestesia local e em consultório odontológico. Há a opção de ter o auxílio de um médico anestesista para realizar uma sedação consciente, também no consultório, o que torna tal procedimento menos desconfortável, favorecendo o trans-operatório e pós-oeratório, por consequência. Em casos mais extensos, que não acredito ser o seu, podemos também levar o paciente a uma estrutura hospitalar com centro cirúrgico para que possamos trabalhar com o paciente sob anestesia geral.
      Os relatos pós-operatórios são os mais variados. Há pessoas que reagem muito bem e outras que nem tanto. Isso depende muito do limiar de dor de cada uma e também da resposta que o organismo dará ao tratamento proposto no seu caso. Não é comum, nos nossos casos pelo menos, o aparecimento de dores espontâneas. O que é normal e comum é que tenhamos uma área sensível à manipulação e ao esforço. Se o paciente permanece seguindo as orientações, costuma ter um pós tranquilo e sem intercorrências. Insisto que há muitas variáveis envolvidas em procedimentos de enxertia, por isso mantenho a ressalva de que não conheço seu plano de tratamento nem tampouco a técnica a ser utilizada pelo profissional.
      Espero ter ajudado a clarear de alguma forma em suas dúvidas. Encontramo-nos a sua disposição para demais perguntas.
      Atenciosamente.

      Prof. Alberto Gurgel
      Curso de Odontologia
      Universidade Potiguar – Laureate International Universities
      +55 84 32151230
      +55 84 99037107

  78. Saudações, eu fiz uma cirurgia de enxerto aproximadamente há três anos visando o implante da unidade 21 que tive que fazer a extração em virtu de um acidente. Durante este período eu fiz um tratamento ortodontico. Finalizado o uso do aparelho e sinalizado positivamente pela ortondentisnta, retornei a implantodentista, a mesma que fez o enxerto. fiz todos os exames, inclusive a topografia. Após avaliação, marcamos a data do implante, entretanto no ato da cirurgia, a médica percebeu que o exerto não estava com a qualidade esperada, ela mesmo disse que estava parecendo uma gelatina e que não seria possível realizar o implante. Após fechar a gengiva, a mesma disse que o organismo não tinha correspondido ( questão da biologia). Sugeriu começar do zero, ou seja, fazer um novo enxerto, sendo que a tirada seria da parte de traz da boca, não sei bem, e que o procedimento seria um pouco mais complexo, inclusive, falou da possibilidade de aplicação de sedativo durante a cirurgia. Pergunto: 1 – O enxerto foi mal feito ou realmente é possível tal ocorrência? 2- Vale apena tentar novamente( tenho 34 anos)?3 – É possível avaliar a qualidade do enxerto através da topografia?4- O que pode ter ocorrido com o exerto já que não fumo e levo uma vida muito saudável? Obrigado.

    1. Prezado Carlos Luiz.
      Os enxertos em região oral podem sim sofrer absorção passado muito tempo. Os processos de metabolismo ósseo nas regiões onde não há dentes ou implantes, sempre tendem a diminuir o volume de osso. Via de regra, para instalar implantes nessas áreas, recomenda-se um período máximo de 8 a 12 meses, sendo o mais indicado entre 4 a seis meses para osso do próprio organismo (que imagino ser seu caso). Passados três anos normalmente vamos encontrar um osso de qualidade duvidosa. Para isso lançamos mão de exames como a tomografia, que foi realizada no seu caso. A tomografia é um exame de imagem que nos dá informações bastante precisas sobre a quantidade e qualidade óssea, porém há alguns fatores como próteses, restaurações ou outras estruturas metálicas que podem alterar a qualidade do exame e mostrar imagens que não condizem com o real.
      Não nos foi informada qual a técnica utilizada no primeiro momento, antes da ortodontia. Por isso não sei informar sobre a complexidade da técnica escolhida para a próxima cirurgia. De fato, em alguns casos, principalmente em casos de enxerto, nossa equipe opta por contratar um médico anestesista para realizar procedimento de sedação consciente em nossa clínica. Em casos mais avançados chegamos a levar nossos pacientes para ambientes hospitalares sob anestesia geral, inclusive.
      Sobre as perguntas:
      1. Não posso julgar a qualidade técnica e biológica do enxerto inicial. Mas sim, passados alguns meses é plenamente possível que ocorra absorção de qualquer enxerto ósseo.
      2. Nossa equipe sempre aposta na qualidade dos tratamentos considerando a necessidade do paciente e adequando esta às suas expectativas. Portanto, sim. Em minha opinião, se essa é sua vontade, siga em frente desde que esteja seguro e confiante da equipe que o trata e do tratamento de escolha.
      3. É possível desde que não haja elementos que atrapalhem a visualização, como explicado anteriormente.
      4. O que imagino ter ocorrido foi somente o tempo excessivo de intervalo. O osso enxertado continuou sem função, portanto essa pode ter sido a causa.

      Ressalto pois, estes comentários que aqui faço, são baseados em informações cedidas. São necessárias avaliações clínicas e de exames para que deixemos as suposições de lado e possamos atingir algo mais concreto.
      Encontramo-nos ao seu dispor.
      Att.

      Prof. Alberto Gurgel
      Curso de Odontologia
      Universidade Potiguar – Laureate International Universities
      +55 84 32151230
      +55 84 99037107

  79. Olá, realizei uma recente radiografia panorâmica de todos os dentes a pedido do meu dentista e apareceu no resultado uma discreta perda óssea alveolar nos dentes inferiores. Tenho atualmente 43 anos de idade. Gostaria de saber se esse problema é grave e se há necessidade de algum tipo de tratamento ou se é decorrente do fator idade.
    Obrigado.

    1. Boa tarde, Sr. Luis Carlos

      Segue como resposta:
      Prezado(a). O processo alveolar, o qual se refere a perda, é um processo que está presente ao redor de todos os elementos dentários. É natural que ao passar dos anos, todos nós tenhamos um certo nível de perda destas estruturas. É um processo contínuo e muito lento, mas que ocorre sempre. Há alguns fatores que podem agravar ou acelerar esta perda óssea, como acúmulo de placa bacteriana e tártaro, alguns tratamentos ortodônticos, fatores genéticos, entre outros. É necessário, antes de propor algum tratamento, que haja uma avaliação minuciosa das estruturas de suporte dos dentes (gengiva e osso), para saber se sua perda está dentro do normal para a faixa etária informada. Além disso, a radiografia panorâmica é um exame que possui muitas distorções. Para um melhor auxílio diagnóstico está indicado realizar radiografias periapicais dos dentes supostamente afetados. Com esses dados, seguramente o dentista estará munido de melhores condições para lhe ajudar.
      Espero ter ajudado a clarear suas dúvidas. Encontramo-nos sempre à disposição.
      Atenciosamente.
      Prof. Alberto Gurgel
      Curso de Odontologia
      Universidade Potiguar – Laureate International Universities
      +55 84 32151230
      +55 84 99037107

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *